Diversos: Silvio Santos coloca patrimônio como garantia para salvar seu banco

O Banco PanAmericano anunciou em novembro que o Grupo Silvio Santos, seu controlador, iria aportar R$ 2,5 bilhões na instituição para restabelecer o equilíbrio patrimonial e a liquidez, após "inconsistências contábeis" apontadas pelo Banco Central. Um processo administrativo de investigação vai apurar a origem e os responsáveis pelo problema de falta de fundos. A holding do Grupo Silvio Santos colocou como garantia pelo empréstimo para salvar o PanAmericano empresas como o SBT e a rede de lojas do Baú da Felicidade, entre outras. Segundo o BC, o PanAmericano vendia ativos, mas não dava baixa em seus balanços.
Leia mais: TERRA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis