Imagem do dia 10/12/2010, Sexta-feira

WikiLeaks nega relação com ataques cibernéticos a seus 'inimigos'

O WikiLeaks disse nesta sexta-feira (10) que não tem ligação com os ciberataques a empresas globais consideradas "inimigas" do site. O site de vazamentos também disse que não apoia nem condena a campanha.

Em comunicado publicado no site, o porta-voz Kristinn Hrafnsson, diz que os ataques "são um reflexo da opinião do público sobre as atitudes dos alvos".

A Operação Payback (troco), que parece ser descentralizada, já derrubou temporariamente os sites das empresas de cartão de crédito Visa e MasterCard, do governo e da Justiça da Suécia -considerados pelos ativistas "culpados" pela prisão de Julian Assange, fundador do site.

Continue lendo aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis