Pais de trigêmeas fizeram em agosto documento para doação, diz Justiça

Despachos da Justiça do Paraná apontam que o desembargador responsável por avaliar a retirada da guarda das trigêmeas nascidas em Curitiba considerou relato de uma psicóloga e documento assinado pelos pais em agosto de 2010 "permitindo a doação de uma de suas filhas".

Como parte de sua argumentação contra o pedido de liminar para devolução das crianças nascidas após inseminação artificial, o desembargador Ruy Muggiati também transcreve a declaração de uma psicóloga do hospital. Nele, a profissional que prestou atendimento ao casal diz que os pais disseram ter procurado formas de abortar uma das filhas no exterior.

Os três bebês estão sob a custódia do Conselho Tutelar desde o dia 23 de fevereiro deste ano, quando, segundo funcionários do hospital onde elas nasceram, os pais tentaram deixar uma das crianças. A maternidade comunicou o Ministério Público (MP) e a Justiça decidiu pelo abrigamento.

Do G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Mega-Sena acumula e tem prêmio estimado em R$ 27 milhões

Prova da Brigada Militar RS parece estar mais fácil para candidatos em 2014