Roth critica arbitragem e adversário: 'Isso não foi um jogo de futebol'

- O problema é o critério da arbitragem. O Inter fez o gol e ele mudou a arbitragem. Não tem cartão, não tem critério. O Fabrício pode ser uma pessoa muito bem intencionada, surgiu com potencial, mas estacionou - afirmou.

Para Roth, o confronto em Lajeado sequer pode ser chamado de 'partida de futebol', pelas faltas. Ele disse ainda que, em oração, o grupo agradeceu por não haver lesões - embora Oscar tenha deixado o campo chorando após sofrer uma batida no quadril.

- Isso não foi um jogo de futebol. Fizemos a oração agora e agradecemos por não ter acontecido nada. Espero que nada de mais grave tenha acontecido ao Oscar - justificou.

Com partida no México pela Libertadores contra o Jaguares, na próxima quarta-feira, Roth afirmou que os jogadores correram riscos contra o Lajeadense:

- O torcedor que veio aqui hoje viu o que aconteceu aqui. Temos viagem amanhã (segunda), tem jogo quarta-feira, e corremos esse risco aqui. (...) Contra time grande os times do interios são sempre assim. Jogam a vida.

Sobre o jogo, Roth disse que o Inter merecia ter vencido.

Do Globo Esporte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis