Se não reclamado, corpo de atirador será enterrado como indigente

Um dos assessores da diretoria do Instituto Médico Legal (IML), que não quis se identificar, disse que o corpo de Wellington Menezes de Oliveira, que matou na quinta-feira 12 alunos da Escola Municipal Tasso da Silveira, está aguardando o reconhecimento da família para ser liberado para sepultamento. "Nenhum corpo pode ficar sem sepultamento depois de 15 dias de sua entrada no IML. Se a família não se apresentar, ele será declarado não reclamado e enterrado como indigente."
O processo para a liberação de um corpo é o reconhecimento por parte de familiar. A partir daí, recebe-se a declaração de óbito e, com isso, fica a critério da família a retirada do corpo.
Do TERRA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis