Justiça condena morto a 30 anos de prisão

Um homem morto em 2008 foi condenado a 30 anos de prisão pela Justiça em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, nesta segunda-feira (30). Ele é acusado de matar um homem na cidade, em 2000.

Jair Francisco Manoel Junior foi morto com um tiro em Goiânia em 2008, segundo o pai da vítima, Jair Francisco Manoel. Na época do enterro, a Justiça não recebeu um atestado de óbito. O advogado de defesa, Luiz Carlos Martins Joaquim, alega que tentou impedir o julgamento. “A família é pobre e não tinha condições de fornecer esse atestado de óbito. Tentei informar o juiz a respeito disso. O trabalho deveria ser suspenso e o oficial de Justiça teria que ir até o cemitério e constatar o sepultamento do Jair”, disse.

Do G1.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis