Neymar puxa o saco dos argentinos e diz que Maradona e Messi são seus ídolos

Em sua primeira entrevista coletiva na Argentina, Neymar tratou de não comprar briga contra os maiores ídolos na terra da Copa América. Primeiro, reforçou que não existe disputa com Messi, principal astro do time anfitrião. E nem ousou responder a Maradona, tratado como um deus no país vizinho, que o chamou de mal-educado.

- Tenho uma foto com o Maradona. Ele é um ídolo de todos, um grande jogador. Eu o respeito.

O ídolo do Santos encontrou o mais amado jogador da história do futebol argentino em uma partida de showbol, em 2006, entre a seleção argentina com o ex-atleta argentino e os brasileiros de Djalminha, e registrou sua foto.

- Foi um dos momentos mais felizes da minha vida.

Para pôr fim ao assunto, o brasileiro lembrou da nota que colocou em seu site oficial.

- Nunca declarei ter a pretensão de superar Messi, a quem, diga-se de passagem, admiro muito não só pelo brilhante futebol, mas também por todos os títulos por ele conquistados no clube que defende. Sempre disse, e repito quantas vezes forem necessárias, que Messi está acima de todos.

Se nega a intenção de superar Messi, principal motivo da irritação de Maradona, o brasileiro agradece os elogios que têm recebido.

Do R7.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis