Números revelam concurso imperdível. Acelere os estudos!


Aguardada há mais de um ano, a autorização do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) motivou milhares de pré-candidatos a aumentarem o ritmo de estudos, a fim de garantir a contratação em uma seleção que promete ser bastante disputada. O concurso do INSS terá 950 vagas, sendo 800 de técnico do seguro social, de nível médio, e 150 de analista do seguro social, para graduados em Serviço Social. Entenda, nos tópicos abaixo, as razões que fazem deste concurso uma oportunidade imperdível!

> Quer uma prova do poder de fogo do INSS? No concurso de 2011, sob responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, foram contados 921.136 inscritos em todo o país, sendo 909.337 candidatos ao cargo de técnico (com 1.500 vagas) e 11.799 concorrentes às vagas de perito médico (com 375 oportunidades abertas). A expectativa é de que o novo concurso (com 800 vagas para técnico e 150 para analista) também reúna algo na casa de 1 milhão de inscritos. Por isso mesmo, não basta participar; é preciso se preparar!

> Neste mesmo concurso, cujas provas foram aplicadas em 12 de fevereiro de 2012, os candidatos a técnico enfrentaram 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática) e 40 de Específicos. Para aprovação, foi preciso obter, pelo menos, 30% de acertos em Conhecimentos Gerais, 30% em Conhecimentos Específicos e 40% do total de pontos.

> Isoladamente, o concurso de 2013, realizado pela FunRio, com 300 vagas abertas para analista (para graduados em diversas áreas, e tendo 24 oportunidades para deficientes), atraiu um total de 164.209 inscritos. 

> Em valores atualizados, técnicos do seguro social recebem R$5.259,87 mensais, enquanto analistas ganham R$7.869,09. Valores extremamente atrativos, em especial o de técnicos, uma vez que a média do mercado, na iniciativa privada, aponta para vencimentos na casa dos R$2 mil em cargos que exigem o 2º grau.

> Balanços dos concursos anteriores comprovam que o número de convocações durante a validade do concurso (geralmente, um ano inicial, prorrogável por mais um) supera, e muito, as vagas inicialmente abertas. Em 2011, quando ocorreu o último concurso de técnico e perito, houve 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital (1.875). Desse total, cerca de 90% das contratações (em torno de 4.500) ocorreram para o cargo de técnico, originalmente contemplado com 1.500 oportunidades. Com grande carência de pessoal, apontada até em relatórios do TCU, é certo que o INSS buscará negociar e viabilizar chamadas extras durante a validade da próxima seleção.

Fonte: Folha Dirigida

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe tudo sobre filmes de comédia?

Gabarito extraoficial do concurso da Brigada Militar RS 2012, prova aplicada no último domingo(11/03)

Chocolates direto de Gramado RS em São Francisco de Assis